JEJUM

Atualizado: 11 de jul. de 2021


Prover à Maneira do Senhor: Resumo do Guia de Bem-Estar para Líderes Prover à Maneira do Senhor: Resumo do Guia do Líder para o Bem-Estar, (2009), 1–8

Responsabilidades dos Membros Os líderes do Sacerdócio e da Sociedade de Socorro devem ajudar os membros a entender suas responsabilidades pessoais, familiares e para com o próximo. Marcos 12:41–44 Prover para Si e Sua Família Os membros da Igreja são responsáveis por seu bem-estar espiritual e temporal. Abençoados com o dom do livre-arbítrio, eles têm o privilégio de estabelecer o próprio rumo, resolver os problemas e esforçar-se para se tornar autossuficientes. Os membros fazem isso sob a inspiração do Senhor e com o próprio trabalho. Elementos da Autossuficiência Autossuficiência é a capacidade, compromisso e esforço de suprir as necessidades vitais de nós mesmos e a de nossa família. Quando os membros são autossuficientes, eles também estão mais capacitados a cuidar dos outros. Quando os membros da Igreja estão fazendo tudo o que podem para prover por si mesmos, mas ainda assim não conseguem satisfazer suas necessidades básicas, devem primeiramente recorrer a sua família em busca de ajuda. Quando isso não for suficiente, a Igreja estará pronta a ajudar. Algumas das áreas nas quais os membros devem ser autossuficientes estão resumidas abaixo e na página 2. Instrução e a Capacidade de Ler e Escrever. A instrução pode aprimorar, enobrecer e proporcionar entendimento que conduzem a uma vida mais feliz. Os membros devem estudar as escrituras e outros bons livros; melhorar a capacidade de ler, escrever e entender a matemática básica; conseguir instrução formal ou treinamento equivalente necessário para conseguir um emprego. Saúde Física. O Senhor ordenou que os membros mantivessem saudáveis o corpo e a mente. Eles devem obedecer à Palavra de Sabedoria, comer alimentos nutritivos, exercitar-se regularmente e ter um sono adequado. Devem banir substâncias ou práticas que abusem do corpo ou da mente e que causem dependência. Devem manter o lar e os arredores limpos e higiênicos e providenciar cuidados médicos e odontológicos adequados. Devem também esforçar-se para desenvolver bons relacionamentos com as pessoas da família e com os outros. Emprego. O trabalho é a base sobre a qual repousam a autossuficiência e o bem-estar temporal. Os membros devem preparar-se e selecionar uma ocupação conveniente ou trabalho por conta própria que vai prover suas próprias necessidades e as de sua família. Eles devem tornar-se qualificados em seu trabalho, ser diligentes e dignos de confiança e prestar serviço honesto pelo pagamento e benefícios que recebem. Armazenamento Doméstico. Para ajudar a cuidar de si mesmos e de seus familiares, os membros devem:

  • Preparar um armazenamento de três meses de alimentos que façam parte de seus hábitos alimentares.

  • Armazenar água para beber em caso de haver contaminação ou falta de abastecimento.

  • Fazer gradualmente um armazenamento de alimentos para o sustento da família.

Ver Preparar Todas as Coisas Necessárias: Armazenamento Doméstico, p. 3 (item 04008). Finanças. Para tornarem-se autossuficientes financeiramente, os membros devem:

  • Pagar dízimos e ofertas.

  • Evitar dívidas desnecessárias.

  • Preparar um orçamento e viver dentro dele.

  • Fazer gradualmente uma poupança.

  • Ensinar os princípios de administração financeira aos membros da família.

Ver Preparar Todas as Coisas Necessárias: Finanças da Família, p. 3 (item 04007). Força Espiritual. A espiritualidade é essencial para o bem-estar temporal e eterno de uma pessoa. Os membros da Igreja devem exercer fé no Pai Celestial e em Jesus Cristo, obedecer aos mandamentos de Deus, orar diariamente, estudar as escrituras e os ensinamentos dos profetas modernos, assistir às reuniões da Igreja e servir nos chamados e designações da Igreja. Cuidar dos Outros Durante Seu ministério mortal, o Salvador andou entre os pobres, doentes e aflitos, ministrando em suas necessidades e abençoando-os com cura e esperança. Ele ensinou Seus discípulos a fazer o mesmo. Estender a mão aos aflitos é uma característica fundamental dos discípulos de Jesus Cristo (ver João 13:35). Em nossos dias o Senhor novamente ordenou a Seu povo que cuide dos pobres e necessitados. Ele disse: “Eis que vos digo que deveis visitar os pobres e necessitados e ministrar-lhes auxílio” (D&C 44:6). Os membros da Igreja são incentivados a prestar serviço de solidariedade aos necessitados. Eles devem “ocupar-se zelosamente numa boa causa”, servindo sem ser compelidos (ver D&C 58:26–27). O Senhor descreveu a Sua maneira de cuidar dos pobres e necessitados. Ele instruiu os santos a “[darem] de [seus] bens aos pobres, (…) e [eles] serão entregues ao bispo (…) [e] [serão] guardados em meu armazém para dar aos pobres e necessitados” (D&C 42:31, 34). O Senhor explicou mais tarde que as ofertas deveriam incluir os talentos dos membros. Esses talentos devem “[ser] lançados no armazém do Senhor, (…) todo homem procurando os interesses de seu próximo e fazendo todas as coisas com os olhos fitos na glória de Deus” (D&C 82:18–19). O armazém do Senhor não se restringe a um prédio usado para distribuir alimento aos pobres. Inclui também uma oferta fiel de tempo, talentos, compaixão, materiais e recursos financeiros de membros fiéis doados ao bispo para cuidar dos pobres e necessitados. Portanto, o armazém do Senhor existe em cada ala. O bispo é o agente do armazém do Senhor.

13 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo